terça-feira, 2 de setembro de 2008

Passado

O passado já diz pelo seu próprio nome: algo, situação ou alguém que ficou para trás, que não importa mais no momento atual. A necessidade de se preocupar com o passado é algo completamente descartável, pois se isso acontecer perdemos os bons momentos presentes e os que virão futuramente.

A experiência é algo que não podemos subestimar, pois de tudo podemos tirar algo de bom, mesmo dos momentos ruins. Agarrar-se à situação anteriormente vivida é no mínimo saudosismo exagerado, e já passamos muito da época em que se estimava esse tipo de comportamento; caso isso venha a persistir em nossos dias, seremos sucumbidos pelo tempo e chegará o dia em que lamentaremos por ter perdido esse precioso tempo lamuriando sobre algo irremediável.

O futuro é belo pelo simples fato de ele ser imprevisto, mesmo que existam meios para podermos pelo menos saciar a ânsia de precipitar as revelações vindouras. Ainda que o desejo de voltar atrás seja pertinente, o que seria futuro virá a ser passado; o que poderia ser planejado não poderá mais o ser pois perderam-se os dias. Desperdiçar novos horizontes é suicídio, viver de um passado, mesmo este sendo ainda recente, é matar as novas esperanças.

O relógio não pára, o tempo passa e ficaremos para trás com essa inquietação inútil de querer retroceder. Não há mais razão para lamentações. Deixemos os fantasmas num baú e tranquemos-os com a chave dentro, pois estes não nos trarão nada de útil senão frustrações e arrependimentos.

6 comentários:

Camponês disse...

Estes fantasmas atormentam a nossa vida enquanto não existirem novos sonhos onde eles não se encontram e nem dependam um do outro, as vezes a necessidade de criar uma espectaviva de um futuro sobre um sonho faz com que esteja-mos mais presentes no agora e ajuda a esquecer estes fantasmas, o que antes eu achava fútel ou inútel (ter um sonho), agora parece ser uma boa saída para este mal. As vezes nos agarramos em algo para nos libertar e prender em outro algo, acredito que entre muitas escolhas o sonho é uma boa opção, pois depende unicamente de nós mesmos.


Abraços,
e que eles sejam com as pedras e nós o rio que passam por elas e jamais voltam.

Camponês disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MAURO LIMA disse...

Ola querida
td bem?
olha só, é legal analisar o passado viver o "hoje" e projetar um ótimo futuro baseado no "eu" empirico, o cara da experiencia, muito bom o post, vc traduziu muito bem em palavras os seus pensamentos
bj

MAURO LIMA disse...

Ah
obrigado pelo coments e pela força, tem horas, no meu caso a maior parte do tempo, em que a tristeza toma conta
hehe

lilianroseblack disse...

É, o engraçado é q a gente perde o nosso tempo com saudades do passado hoje, e dali a 10 anos pensa na época atual como um tempo do qual sentir saudades. Temos q aproveitar o q estamos vivendo agora! Muito legal a mensagem do seu post
beijos
anseios-secretos.zip.net

Luca Souza disse...

Ótimo poste! "E como diz o poeta o tempo nao para" e nos ainda passamos correndo por ele, ou parados lamentando alguma coisa qualquer.



www.baufragmentado.blogspot.com