sexta-feira, 25 de julho de 2008

As aparências enganam... Ô jargão!

As aparências realmente enganam, surpreendem completamente. É como você ver um pedaço de algo parecido com chocolate, achar que é mesmo chocolate, porém ao dar a mordida perceber ser fezes. Comparação completamente nojenta, mas pertinente ao caso. Pessoas que ao nos dizerem coisas belas, pensamos então serem confiáveis, leais com o que dizem. Não, não são leais. Tudo o que fora dito não passou de um simples teatro.

Aproveitam-se do momento para enganar de maneira cretina o ouvinte. Será que não se lembram do que disseram? Será que a memória é tão curta a ponto de passar uma borracha e esquecer completamente das calúnias? Infelizmente, lembrando ou não, os acontecidos surgem como surge a borboleta entre as flores, como surge a nuvem, como surge a vontade irrefreável de defecar.

Pelo menos se as pessoas fossem sinceras e ao terem o primeiro contato e perceberem a injúria que cometeram, estivessem dispostos - doa a quem doer - a relatar sobre a primeira impressão, e logicamente pedirem desculpas. Relatar sobre o que fora injustamente dito sobre quem quer que seja, pois quem fala a verdade não merece nenhum castigo - a pessoa que vos fala nem sempre diz a verdade, mas como já está pagando por isso, acho que não é de todo mal dizer a expressão anterior.

Não há a menor necessidade de "teatrear", de atuar. Mesmo que não fosse isso, antes fosse dito o que antes disse, agora não há mais jeito. As fezes já se foram atiradas em um grande ventilador e voaram por tudo que é canto. Para limpar será difícil - não impossível - mas seria muito mais bonito se os esclarecimentos fossem devidamente feitos antes, num tempo anteriormente antes deste; num dia atrás, mês, ano. Enfim, agora está tudo já melecado.

2 comentários:

Taynara disse...

Isso relata tão bem o momento presente...

Situações que as vezes parecem tao reais.. e na realidade sao tao falsas e dissimuladas quanto uma novela!

A unica coisa que trai sao as mascaras que sem querer algumas pessoas deixam cair..


Obrigada por permanecer ao meu lado, amiga amada!

Camponês disse...

Oi..

Pelos parabéns fique tranquila,
o que é um aniversário comparado
ao dias 364 dias do ano?! simplesmente uma data a mais para esquecer-mos e lembrar-mos de muitas coisas...

acredito no instinto que temos,
eu particularmente o sinto qndo conheco a pessoa ou a vejo pelas primeiras vezes, e acredito que devemos segui-los, mas se enganar sempre é possível ainda mais qndo falamos de algo sensitivo ou pertinente em detalhes, já me enganei algumas vezes e mordi minha própria língua e outras eu estava certo...

acredito tbm que devemos analisar ao máximo antes de podermos dar a mordida na irreal ilusão, e sim as coisas nem sempre são o que parecem serem o que as vezes parece ser algo nojento é na verdade doce saboroso...

as vezes entendemos errado e trocamos alguns significados de palavras com o julgar de um entendimento pessoal antes do significado da palavra em real...

ah a propósta está de pé ainda?? a da visita?

beijos